(34) 3317-5555 Celso 34 99105-5559 Boi 34 99281-6000 Cotação do Leite

Quem Somos

Juntos a mais de 6 anos a BOI e Beef Milk Brasil Assessoria são referencia em assessoria no Agrobusiness Brasileiro. Liderados por Davi Roberto Oliveira (BOI) e Celso Menezes, a empresa é a união de experiência, conhecimento técnico profissional, pioneirismo, comprometimento, seriedade, pontualidade, responsabilidade, além de um excelente relacionamento no setor. Tudo para que você encontre as melhores oportunidades do mercado. A Assessoria leva ao produtor um novo conceito em assessoria, organização de leilões e eventos agropecuários. Primeiro, devido ao grande conhecimento e experiência da dupla. O resultado de muitos anos trabalhando com pecuária Leiteira e Corte, credenciam a dupla para selecionar os melhores animais, tanto genotipicamente quanto fenotipicamente. Com isso, podem disponibilizar para o mercado animais com um nível superior. De acordo com Celso, “nós não estamos somente vendendo animais, estamos disponibilizando ao mercado material genético de qualidade. Estamos sempre compromissados com o pós-venda, com os resultados dos animais e com a satisfação de quem os está adquirindo. Hoje existe uma grande diferença no mercado, existem animais voltados para a produção leiteira comercial e animais melhorados geneticamente com alto potencial de produção, grande apelo comercial, que são utilizados para multiplicar e melhorar os rebanhos”.

 

BEEF MILK BRASIL - CELSO MENEZES

 Celso Menezes é zootecnista de profissão e de coração. Formado na FAZU, turma em 1984, casado com Lúcia e pai de Pedro Paulo e Celso Filho, ambos cursando Medicina na UFTM. Sempre trabalhando na sua área de formação, Celso iniciou sua carreira no Sindicato Rural de Uberaba, depois passou para a extinta Assoleite (1987), que hoje é a Girolando. Celso trabalhou por 23 anos na empresa, exercendo o cargo de superintendente técnico por 17, e faz parte da história do Girolando no Brasil. Integrou a equipe que formulou o primeiro regulamento de formação da raça, que foi enviado ao Ministério da Agricultura em 1988. Na época os documentos ainda eram datilografados. Toda essa experiência, esse know how, coloca Celso em evidência quando o assunto é Girolando. A qualidade e seriedade do seu trabalho são reconhecidas do Oiapoque ao Xuí. “Abracei o Projeto Girolando de forma profissional e com muita confiança. Desde o início com olhos no futuro, busquei sempre resultados técnicos, testados e provados, para garantir um crescimento organizado, respeitado e crescente. Nada foi feito de forma empírica. Tanto estudo coloca a raça em um crescimento sólido e sustentável. A minha união com o Boi foi muito importante, pois ele tem uma percepção comercial, um relacionamento impressionante. Não é qualquer pessoa que tem a habilidade que o Boi tem. Eu o auxilio na parte técnica, respaldando o trabalho, organizando, planejando. Nossa fusão casou muito bem, o próprio resultado é a prova disso”, afirma Celso.

BOI Assessoria – Davi Oliveira - BOI

Davi Oliveira tem raízes firmes no meio rural. Seu pai é agropecuarista no Mato Grosso, e foi daí que nasceu a grande vocação para o agronegócio. É casado com Priscila e pai de Ana Clara e Sara, exímias frequentadoras dos eventos realizados pela Boi/Beef Milk. Boi teve o seu primeiro contato com a raça Girolando em 1997, na antiga Escola Agrotécnica, hoje o CEFET. Até então o contato era com vacas cruzadas. A escola tinha um gado selecionado para competir em pista e participava das exposições de Girolando. Foi nesta ocasião que ele conheceu o Celso. Depois disso, Boi continuou a trabalhar com seleção e preparação do gado para pista. Em 1999, fez sua primeira Grande Campeã, Bruna Rossel, do proprietário Dr. Célio Fontão Carril. Ela foi a Grande Campeã e Melhor Úbere da Expomilk em 1999. Depois da Expomilk, Luis Evandro Aguiar, do Girolando LE, lhe deu uma oportunidade de trabalho. Na época, Luis Evandro foi muito ousado e fez um grande leilão da raça Girolando dentro da ExpoZebu. Um marco na história do evento, o leilão quebrou vários paradigmas e foi um grande sucesso. Naquela ocasião, eles pintaram um animal todo de dourado, com muita purpurina, acertaram no alvo. O leilão teve grande repercussão e a história do Girolando seguia ganhando novas páginas e conquistando cada vez mais espaço. Pouco tempo depois, conheceu Jorge Papazoglu, que lhe deu a oportunidade de trabalhar na sua fazenda e se especializar em casqueamento. Em 2001, Boi mudou-se para São José do Rio Preto – SP onde cursou Medicina Veterinária e conheceu Nelson Ariza. Em pouco tempo, Boi começou a trabalhar com ele e até hoje presta diversos serviços para este grande homem, que é amigo pessoal do Boi e do Celso. Outro que acreditou no trabalho de Boi e deu a ele a oportunidade de realmente fazer a assessoria de um leilão foi Jonadan, do grupo Ma Shou Tao. Assessorou o leilão por completo, comentários, ordem de entrada, genealogia dos animais do catálogo, enfim, começava aí um trabalho sério que é referência no Brasil nos dias de hoje. Para Boi, a união com o Celso foi “uma junção muito importante, pois agregou a experiência do Celso, com 23 anos de Girolando, e uma paixão incondicional pela raça. Pra mim ele é um vacoólatra. O ciclo de amizade é vaca, o assunto entre as esposas é vaca, é vaca de paixão. Levanta falando de vaca, dorme pensando em vaca, nos acasalamentos que deve fazer. O Celso é um cara muito técnico, eu sou um pouco mais comercial”.